7 contos de terror russos que irão te deixar com a pulga atrás da orelha

A Rússia, que atualmente é liderada por Vladimir Putin, é nada menos que o país com maior extensão territorial do mundo. Uma das maiores potências mundiais, tanto na questão bélica quanto econômica, já fez e ainda faz diversas participações importantes na história mundial. A imagem dos russos sempre foi transmitida de forma séria, fazendo com que muitas curiosidades a respeito do país passem até mesmo despercebidas.

Acontece que assim como qualquer região, os russos também são cercados por mitos, lendas e alguns acontecimentos realmente assustadores. Se engana quem pensa que eles não avistam OVNI’s ou que não sofrem com supostas aparições fantasmas.

A criatura de Sakhalin

russos

Essa foi uma criatura que intrigou especialistas russos durante algum tempo. Encontrada por soldados no litoral oriental do país, possuía características completamente assustadoras. Obviamente um monstro aquático, mas com estrutura corporal que não se parecia nem com peixes e muito menos com jacarés oi crocodilos.

Como se não bastasse, ainda tinha um bico e algo que se parecia muito com cabelo. Acreditava-se que poderia ser uma criatura pré-histórica. Infelizmente, cientistas não puderam ter maiores contatos com o cadáver, visto que o exército russo o levou.

No entanto, após analisar melhor algumas imagens, imaginam que seja apenas o corpo de uma baleia branca, e avançado estágio de decomposição. Aquilo que parecia cabelo, provavelmente, poderia ser os restos de sua carne. Mas é válido dizer que o tal “monstro” ainda deixa muitos assustados.

Rusalka

Uma Rusalka é um dos personagens da mitologia eslava, como se fosse uma espécie de ninfa aquática, vista também como um demônio feminino. Segundo a lenda, as são criadas a partir da morte violenta de uma mulher grávida ou de uma menina. Elas podem espalhar o caos de várias formas: seduzindo homens e os afogando, amedrontando o gado e até mesmo roubando outras crianças.

Para aqueles que acreditam, essas ninfas ficam mais fortes na primeira semana de junho, também conhecida como “Semana Rusalka”. É comum que as pessoas fiquem mais em casa durante essa semana, tomadas por medo. Por outro lado, existe uma tradição que prega a construção de uma efígie que as represente. Quando pronta, os moradores locais colocam fogo nela, como uma forma de apaziguar os espíritos.

Dragão de Brosno

Um dos mais misteriosos lagos russos é o Brosno. É o lago doce mais profundo de toda a Europa, e um de seus maiores contos, tange a existência do Dragão de Brosno… É como se fosse um Monstro do Lago Ness, só que russo. Muitos são os registros de pessoas que afirmam terem avistado algo estranho perambulando por aquelas águas. Embora as descrições tenham características distintas, todas apontam para que se trata realmente de um dragão.

Há uma história envolvendo navegadores do século 8, dizendo que acabaram sendo devorados pela imensa criatura. Segundo relatos modernos, ele possui cerca de 5 metros e é extremamente feroz. Apesar de sua existência ser algo questionado, muita gente insiste em afirmar que existindo ele ou não, ainda assim há algo bizarro vivendo nas profundezas do lago.

Tropas Espaciais

Os russos costumam estar preparados para qualquer tipo de ameaça externa… Qualquer uma mesmo! Já ouviu nas Tropas de Defesa Aeroespaciais? Pois bem, este é o ramo militar do país que se especializou em combate espacial. Trabalham operando satélites militares, em conjunto com o sistema antimíssil do país.

No entanto, o que costuma assustar as pessoas, é que também estão preparados para a defesa contra ataques alienígenas. Pelo menos, era pra ser assim. Quando Sergey Berezhnoy, vice-líder das Tropas, foi questionado se realmente seria possível conter um ataque alien, ele respondeu que na verdade, não tinham tudo o que era necessário. Bem, esperamos que nenhum ET tenha escutado isso.

Os fantasmas do Kremlin

O Kremlin está localizado no centro de Moscou, simbolizando o Estado Russo. Poderíamos dizer que nenhum outro lugar do país tem histórias tão difundidas quanto este… E uma delas, diz respeito a fantasmas que vivem assombrando os corredores da fortaleza. Acredita-se que, pelo fato de o Kremlin ser um espaço que representa o poder há anos, os fantasmas que habitam por lá são de personalidades importantes da história.

Um bom exemplo seria o de “Ivan, o terrível”. Segundo a lenda, seus pecados foram lançados sobre o Grande Campanário, e é possível escutar seus passos pelos corredores. Outro grande fantasma que supostamente vive no lugar é o do revolucionário Lenin. Mas se você pensa que para por aí, está enganado. As suspeitas são de que o espírito de Joseph Stalin também vague pelo local, atormentando quem passa por ali.

O pássaro negro de Chernobyl

Já ouviu falar de Mothman? Esta é uma criatura sobrenatural dos Estados Unidos, e sua aparição está associada a desastres que acontecerão no futuro. Embora existam aqueles que não acreditam, a criatura vem sendo estudada por especialistas do assunto. Acontece que os russos também possem algo semelhante. O tal pássaro negro russo teria provocado desastres ainda maiores, como o acidente de Chernobyl, em 1986.

Descrito sempre como uma enorme ave negra, com olhos em um tom avermelhado e mortal, muitas pessoas dizem tê-lo encontrado no dia em que ocorreram graves acidentes. Apenas para que você tenha ideia, após a explosão do reator diversas pessoas se mobilizaram no resgate de feridos. Várias delas relataram o avistamento de uma sombra negra que voava por cima do reator. Depois disso, não foi vista novamente.

Os gritos do inferno

Bem, pode parecer maluco, mas no ano de 1984, geólogos russos descobriram algo completamente perturbador. Com o objetivo de cavar um poço experimental na Sibéria, cavaram por cerca de 14,4 quilômetros abaixo da terra. No entanto, acabaram encontrando algo que não esperavam… Segundo ele, das profundezas do poço, era possível escutar os gritos do próprio inferno.

De acordo com relatos, à medida que ia ficando mais profundo, o poço poderia atingir a temperatura infernal de 1903 ºC. Também seria possível escutar gemidos de dor. Dr. Azzacov, líder do projeto, teriam aberto acidentalmente um portal para o inferno. No entanto, após pesquisas mais concretas, foi descoberto que a mídia teve um papel fundamental para a difusão da história. Na verdade, o poço nunca passou dos 82 ºC, o que é perfeitamente compreensível para o lugar onde foi perfurado.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *