Saiba mais sobre o programa secreto dos EUA que investigou OVNIs por 5 anos

Vivemos em um universo tão extenso e absurdamente vasto que é difícil de acreditar que não exista alguma outra forma de vida inteligente em algum lugar no espaço. De tempos em tempos o ser humano sempre se depara com aquela pergunta: “Nós estamos sozinhos no universo?” É difícil respondê-la sem evidências concretas, porém é algo que atiça nossa imaginação.

Acontece que nesse ano, o próprio Comando Militar Americano afirmou que mantiveram os olhos nos céus em busca de objetos não identificados (OVNIs) e formas de vida extraterrestres em nosso planeta. Por incrível que pareça, existem arquivos e filmagens oficiais que podem nos fazer duvidar da nossa solidão no universo.

Será mesmo que extraterrestres já visitaram a Terra? Será que até certo ponto os teoristas da conspiração estavam certo? Quando nós teremos certeza de que nós realmente somos somente mais um povo ou raça flutuando no vazio espacial? Conheça o programa secreto dos EUA que investigou OVNIs por cinco anos.

OVNI’s

Se você acha que essa onda de investigações “intergaláticas” é coisa de filme, talvez as coisas não sejam bem assim. Acredite ou não, o próprio comando militar americano confirmou que durante cinco anos eles mantiveram um programa focado na investigação e pesquisa de objetos voadores não identificados.

Nos arquivos do programa estão diversos relatos e vídeos de perseguições ao que parecem ser aeronaves. Todavia, as mesmas não possuem turbinas ou sistema de propulsão. Esses objetos não pertencem a nenhuma classe de aeronaves já criadas pelo ser humano.

“Nós não estamos sozinhos”

Um ex-oficial do Pentágono chamado Luis Elizondo, em uma entrevista para a CNN, fez o seguinte comentário: “Pela minha crença pessoal, nós temos várias evidências significativas que nós não estamos sozinhos“.

Luis Elizondo também comenta que renunciou seu cargo no Pentágono como uma forma de protesto. De acordo com o ex-oficial, ele se afastou pois não concordava com o sigilo exacerbado do Advanced Aviation Threat Identification Program. Ele diz que não pode falar em nome do governo, mas insiste em dizer que muitas “aeronaves” que não foram vistam em nenhum inventário militar de nenhuma nação, e com características anômalas, foram registradas. Objetos que viajam em uma velocidade e manobrabilidade absurda que desafiavam as leis da física.

O Fim do Programa

Em 2012, o programa foi cancelado pois a verba do mesmo foi cortada. Em cinco anos foram gastos 22 milhões de dólares para alimentar a iniciativa. Contudo, os Estados Unidos disseram que possuem outros problemas para tratar e outras prioridades. O vídeo acima, exibido na página oficial da BBC no Youtube, mostra dois pilotos americanos que viram um desses objetos. Esse vídeo tomou repercussão mundial, sendo inclusive exibido no Jornal Nacional da Rede Globo.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *