Uma freira possuída uma vez escreveu a “Carta do Diabo”… E ela acabou de ser decifrada!

Existe muita coisa em nosso mundo que ainda é um verdadeiro mistério. Cientistas trabalham incansavelmente na busca por respostas, a mas a tendência é que nunca consigamos obter uma compreensão total acerca do universo. Quando se trata de assuntos paranormais principalmente. É algo que vai além do que nossa consciência é capaz de decifrar. Você já escutou falar sobre uma misteriosa “Carta do Diabo”?

Por mais que nossas dúvidas sobre o universo sejam reais, existe algo que transcende tudo isso… Céu e inferno realmente existem? Bom, por mais de 3 séculos uma suposta carta escrita pelo diabo permaneceu indecifrável. Muitos estudiosos e pesquisadores tentaram decodificá-la ao longo desses anos, mas as tentativas foram sem sucesso. Apenas recentemente pesquisadores conseguiram traduzir a mensagem, graças a um software encontrado na deep web.

Concezione, a freira que escreveu a Carta do Diabo

Maria Crocifissa della Concezione, foi uma freira siciliana do convento de Palma di Montechiaro. Aos 31 anos, no dia 11 de agosto de 1676, foi encontrada no chão de seu quarto com o rosto coberto de tinta. Em suas mãos, foi encontrado um papel com dizeres que ninguém na época conseguiu decifrar. Era composta por letras, símbolos e números que aparentemente não faziam o menor sentido.

No entanto, Irmã Maria afirmava que o diabo havia usado seu copo para escrever a carta. Supostamente, ele queria vê-la longe de Deus fazendo com que ela se juntasse às forças malignas. Todas as freiras do convento acreditaram nela, bem como as novas gerações de freiras que entraram no lugar. Muitos tentaram decifrar o código, mas tudo parecia um enorme enigma sem significado algum.

Finalmente, a carta é decodificada

Cientistas sicilianos, do museu de Ludum, conseguiram decodificar a carta com a ajuda de um software encontrado na deep web, que seria usado exatamente para a criação de códigos. Segundo Daniele Abate, diretor do Ludum: “Nós ouvimos sobre o software, que acreditamos que é usado pelos serviços de inteligência para a criação de código […] nós o preparamos com o grego antigo, o árabe, alfabeto rúnico e o latim para arruinar algumas das cartas e mostrar que é realmente diabólico“. 

O grupo conseguiu traduzir as linhas com ainda mais eficiência do que esperavam. O conteúdo apresentado na suposta Carta do Diabo, é certamente uma discussão entre a relação dos humanos, Deus e de Satanás. Na carta, Jesus, Deus e o Espírito Santo são citados como “pesos mortos”. Ainda há uma frase que diz “Deus pensa que pode libertar os mortais… O sistema não funciona para ninguém“.

A freira pode ter sofrido de transtorno bipolar

De acordo com Abate “ao trabalhar na decodificação histórica, você não pode ignorar o perfil psicológico do autor. Precisamos saber o máximo possível sobre estafreira”. Isso se deve principalmente ao fator de que a carta pode ter sido manipulada ou escrita em algum momento de insanidade. Segundo os pesquisadores, isso é que pode ter acontecido no caso da freira.

Irmã Maria na verdade nasceu com o nome de Isabella Tomasi. Seu pai era um conceituado escritor italiano. Com apenas 15 anos ela entrou para o convento, e aparentemente, era uma grande conhecedora de linguística e idiomas. SegundoAbate, a carta estava escrita como se tivesse várias línguas antigas misturadas. Acredita-se que Irmã Maria tenha criado seu próprio vocabulário ao escrever a carta.

Para ter certeza disso, os pesquisadores configuraram o software para decifrar símbolos e alfabetos antigos de diferentes idiomas. Foi aí que puderam comprovar suas suspeitas: a carta continha uma mistura de palavras em grego, rúnico, árabe e latim.

Eles afirmam que a carta não é completamente compreensível e que em alguns pontos é até engraçada. Tal fator apoio a teoria dos cientistas de que ao invés de ter sido possuída pelo diabo, a freira apenas sofria de transtornos bipolares  e esquizofrenia. “A imagem do diabo está frequentemente presente nesses distúrbios. Aprendemos com registros históricos que todas as noites ela gritava e lutava contra ele“, afirmou Abate.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *