O verdadeiro Conde Drácula

Vlad

Todos conhecem o Conde Drácula como sendo um dos vampiros mais notáveis da história do cinema e da literatura, mas poucos conhecem sua verdadeira face: Vlad, o Empalador.

Vlad III nasceu na Transilvânia, atual Romênia, e, embora muitos pensem, ele não possui nenhuma relação com o Drácula das histórias, a não ser por seu nome.

Mas de onde veio toda a inspiração para a criação de um dos mais sanguinários seres (mortos) vivos do mundo? A começar por seu nome, ou melhor, título: Drácula, esse título referia-se à uma ordem de cavaleiros ao qual seu pai, Vlad II fazia parte, que, na verdade, era chamado de Dracul, o que fez com que Vlad III fosse chamado de “filho de Dracul”, que, em Romênio antigo escreve-se Drăculea. A Ordem do Dragão tinha como principal objetivo a derrota do Império Turco-Otomano.

Resultado de imagem para vlad the impaler

Agora, quanto à agressividade, Vlad ganhou outro título, o de Empalador, afinal ele cometeu diversos assassinatos através da técnica do empalamento, sem falar de seu famoso jantar: quando jovem, Vlad III foi capturado pelo Império Turco-Otomano e, quando retornou para seu lar, deixou de pagar os tributos ao sultão do Império, sabendo que isso iria gerar muita revolta entre a população, Vlad III convidou centenas daqueles que estavam com pensamentos contrários ao seu para um jantar, no qual todos foram esfaqueados e depois empalados, mesmo se ainda estivessem vivos.

 

Outro fato que dá a Vlad a relação ao Conde Drácula é que sim, ele morreu, mas ninguém nunca encontrou sua tumba ou seus restos mortais.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *