7 mistérios macabros que não possuem explicação

As pessoas são constantemente fascinadas pelos mistérios que leem nos livros ou assistem nos filmes. Se colocam tanto naquela história que é como se realmente fizessem parte dela. Afinal, esse é o principal atrativo das histórias, ser capaz de ser surreal ao mesmo tempo permitir assimilações e identificação. E é por isso que todos já nos imaginamos dentro de uma outra realidade, mas e se essa realidade aparentemente fictícia fosse real?

A questão é que alguns mistérios terríveis realmente fizeram parte da vida de outras pessoas. Histórias que, por mais inexplicadas que sejam, aconteceram de verdade. Relatos sem ficção, sem narrador e sem set de gravação ou escritores. O problema é que, por mais que a ciência se desenvolva cada vez mais e a perícia a acompanha, algumas questões continuam sem resolução. Por mais que teorias sejam feitas sobre tais acontecimentos, o mistério permanece.

Homens assassinados no meio do oceano

Um vídeo que foi ao ar em 2014 mostra quatro homens no meio do oceano enquanto tentam se agarrar a destroços na água. Os homens estavam cercados por quatro navios que dispararam contra eles mais de 40 vezes, mesmo depois de tentarem se render levantando os braços.

Na gravação, que dura cerca de 10 minutos, é possível perceber um homem gritando da embarcação “Disparar, Atirar”, através de um alto-falante. Apesar de mostrar o rosto de alguns dos homens que gravaram a cena toda, além de pistas como um banner e o número de registro no navio, os responsáveis nunca foram encontrados. As vítimas também nunca foram identificadas e já que não tinham registro de nenhum desaparecimento na área nem ocorrências do ocorrido as buscas foram encerradas.

O vídeo foi achado entre os arquivos de um celular em Fiji, depois de ser encontrado perdido em um táxi por um estudante.

Mensagem de voz aterrorizante deixada por um homem antes de ser encontrado morto

Minnesotan Henry McCabe, de 32 anos, sai para uma boate com dois amigos em setembro de 2015 e nunca mais volta para casa. McCabe foi deixado em uma loja de conveniência as 2 horas da manhã por seu amigo William Kennedy. Depois disso o amigo afirma não saber o que aconteceu com McCabe.

Minnesotan foi encontrado em um lago a cerca de seis milhas da loja de conveniências, quase dois meses depois de desaparecer. O corpo não continha marcas de ferimento nem evidências de que havia sido assassinado. Os amigos dele afirmaram que o seu estado naquela noite estava bastante alterado pela bebida o que poderia ter resultado em um acidente.

A explicação seria a mais plausível é que pouco antes de morrer, McCabe não tivesse ligado para sua esposa, que estava na Califórnia, as 2:28 da manha aos prantos. Minnesotan gritava que tinha sido baleado, seguido de sons de dor. A mulher tentou ligar para o irmão de seu marido e o correio de voz foi capaz de gravas os últimos dois minutos da ligação. O áudio gravado continha sons estranhos e gemidos de dor. Os ruídos se transformam em silêncio e logo no final é possível ouvir uma voz masculina desconhecida dizer “Pare com isso”.

Apesar das suspeitas terem caído sobre William, depois que as câmeras de vigilância da suporta loja não mostrou ele deixando McCabe no local, além de ter ficado com as chaves do amigo, que precisaria delas ao voltar para casa, as câmeras de outra loja de conveniências comprovaram a história de Kennedy. Ele apenas teria trocado o nome das lojas? A carteira de McCabe também não estava com ele e foi encontrada com o outro amigo que afirmou ter pegado com ele enquanto ainda estavam no bar.

Qualquer que fossem as tentativas de explicar sua morte o caso não foi solucionado. Apesar da voz estranha ao final da ligação e de ter dito que havia sido baleado seu corpo não tinha nenhuma marca que comprovasse isso e o portador da voz nunca foi encontrado.

O desaparecimento de Juan Pedro

Um caminhão carregando mais de 5.000 litros de ácido sulfúrico estava passando pela montanha de Somosierra, na Espanha. Ele foi avistado com uma velocidade de 75 milhas por hora. O caminhão bateu e derramou o ácido pelo local devido sua alta velocidade.

O acidente, que aconteceu no dia 25 de junho de 1986, matou duas pessoas: o motorista Andrés Martinez e sua esposa Carmen Gomez. Quando as autoridades alertaram os pais de Andrés sobre o ocorrido, eles perguntaram sobre o neto. Entretanto, a polícia não viu nenhuma criança com o casal. Uma investigação comprovou que os dois tinham um filho de 10 anos chamado Juan Pedro Martinez Gomez. A criança tinha sido vista com os pais naquela mesma manhã.

Mistérios

Algumas teorias tentaram justificar o seu desaparecimento. Especialistas chegaram a acreditar que o garoto poderia ter sido dissolvido pelo ácido. A teoria foi desfeita, já que isto teria deixado algum tipo de rastro ou restos. Um ano depois do acidente foi encontrado um pacote de heroína no caminhão, abrindo novas suposições. O casal podia estar sendo ameaçado por traficantes e obrigados a transportar a carga em alta velocidade. Os traficantes poderiam ter raptado seu filho. Porém, haviam brinquedos de criança no caminhão. Isso significava que a criança provavelmente esteve lá, além de ter sido vista com os pais no mesmo dia.

Todas as explicações acabaram não levando a nada e o fato inexplicável é que Juan Pedro nunca mais foi encontrado vivo nem morto. Nenhuma das teorias sobre o acontecido eram sustentáveis.

A chaminé mortal

Josh Maddux, um jovem de 18 anos, deixou sua casa em Woodland Park em maio de 2008 e desapareceu. O seu desaparecimento foi um mistério, já que ninguém mais o viu depois de sua “fuga”. Sete anos depois do ocorrido, quando estavam prestes a demolir uma cabana próxima, um corpo foi encontrado mumificado. Ele estava em uma especie de posição fetal, na chaminé do local.

O corpo foi identificado como sendo de Josh Maddux e, como se já não fosse uma notícia estranha o suficiente, foi declarado pelo legista como acidental. De acordo com as especificações o jovem teria ficado preso enquanto tentava descer pela chaminé e morrido lá.

Após conversar com o proprietário da cabana, descobriram que a chaminé tinha um dispositivo para que animais não entrassem por lá. Outra questão não resolvida é que Josh foi achado com apenas uma peça de roupa, uma camiseta térmica, e nada mais. As suas outras roupas foram encontradas dentro da cabana, ao lado da chaminé.

Pés do oceano

Estimasse que 11 pés humanos, ainda calçados em seus sapatos, tenham vindo do mar. Eles surgiram na costa da cidade de British Columbia. Os pés apareceram na margem de praias da Georgia Basin.

O mais estranho é que a maioria dos pés encontrados eram esquerdos. Nunca conseguiram explicar de onde vieram os pés nem o que aconteceu com aquelas pessoas.

Passo Dyatlov

Em fevereiro de 1959 foram encontrados 9 esquiadores russos mortos em circunstâncias horríveis. Os esquiadores estariam sob a liderança de Igor Dyatlovpara uma expedição ao norte dos Montes Urais.

No local em que estavam acampando foram encontradas barracas rasgadas brutalmente de dentro para fora. Alguns dos montanhistas tentaram fugir do local, mesmo com uma forte nevasca. Infelizmente eles foram achados com os seus crânios fraturados e suas costelas partidas.

Outro fato estranho sobre o ocorrido é que as roupas das vítimas possuíam altos níveis de radioatividade. A causa de suas mortes nunca foi resolvida.

Vilarejo de Carancas no Peru

Um meteorito atingiu o vilarejo de Carancas no Peru, perto da fronteira da Bolívia. A colisão aconteceu no dia 15 de setembro de 2007. Ela formou uma cratera de 4,5 metros de profundidade e 13 metros de largura.

Depois do ocorrido uma água fervendo começou a sair do local causando a liberação de gases nocivos. Os moradores começaram a sofrer com um tipo de doença estranha, com sintomas variados.

Alguns acreditam que houve uma mistura entre a água subterrânea do lugar. Arsênico, rochas com enxofre, além das substâncias do meteorito seriam capazes de envenenar as pessoas. A teoria nunca foi confirmada.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *