Você sabe como funciona o cérebro de pessoas criativas?

Imaginem que loucura estudar o cérebro de gênios como Albert Einstein, Isaac Newton ou Michelangelo. É claro que dificilmente as pessoas chegam ao patamar desse gênios, certo? Mas segundo Roger Beaty, especialista em neurociência cognitiva pela Universidade Harvard, as pessoas que ideias originais possuem cérebro diferentes dos demais.

Com muitos anos de estudos, especialistas conseguiram descobrir quais zonas do cérebro são relacionados com à criatividade. “Medimos a atividade do cérebro em pessoas que trabalhavam em tarefas que exigem pensamento criativo (por exemplo, pensar em usos diferentes para objetos cotidianos) e descobrimos que os que têm as ideias mais originais demonstraram um padrão diferente em suas conexões neurais”, afirmou Beaty em uma entrevista a BBC.

Três redes neurais

Na pesquisa, Beaty conseguiu identificar o pensamento criativo que ocorre dentro de três redes neurais. As três redes neurais são: a rede moda padrão (usada quando o cérebro está gerando ideias e imaginando), a rede controle executivo (ativada para a tomada de decisões e avaliações de ideias) e a rede de saliência (usada para decidir quais ideias são relevantes e para ajudar na transição das ideias entre modos padrão e executivo).

A última rede neural citada é importante, pois ela faz a ponte entre o mecanismo de geração de ideias e o de avaliação das mesmas. Todas elas, no geral, funcionam ao mesmo tempo. “O cérebro criativo está conectado de uma maneira diferente, e as pessoas criativas são mais capazes de ativar sistemas cerebrais que tipicamente não funcionam juntos” explica Beaty. Ele diz também que pessoas que tem facilidade com a criatividade tem uma habilidade maior em coativar redes neurais que geralmente trabalham separadamente.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *