O que será e quando irá ocorrer a 4ª Revolução Industrial?

Desde que o ser humano habita a o planeta Terra, ele vem fazendo intervenções no ambiente. Inicialmente, tudo girava em torno de sua sobrevivência. Isso porque precisavam apenas se manter bem alimentados para continuarem vivos. No entanto, com o passar do tempo houve a necessidade de criar novos meios e fontes para sobreviver. As modificações feitas na Idade da Pedra por exemplo, eram mínimas. Agora pare pra pensar em tudo que já mudou de lá pra cá… Apenas para que você tenha uma ideia, já estamos bem perto de viver a 4ª Revolução Industrial.

A primeira delas foi, sem dúvida, um marco no que tange a relação entre a sociedade e a natureza. Estabeleceu inovadoras formas de produção para a época. Iniciada na Inglaterra, nos aproveitamos de todo o poder que a água e o vapor poderiam exercer para alimentar as famosas maquinas a vapor, utilizadas principalmente na produção têxtil.

Já na 2ª Revolução Industrial, fomos capazes de descobrir a eletricidade e criar a mecanização das fábricas e toda a linha de montagem. Já na década de 1960, pudemos ver um grande avanço tecnológico com a computação, mecatrônica e até mesmo a introdução da robótica. Características que marcam a 3ª Revolução Industrial.

E o que viria a ser a 4ª Revolução Industrial?

Assim como as outras, ela viria para marcar o início de uma nova era. Atualmente vivemos um boom relacionado à inteligência artificial e à realidade virtual. Se modernizam e inovam em ritmo extremamente acelerado, quase fora de controle. E qual seria o passo seguinte? Exatamente, a 4ª Revolução Industrial. Desta forma, o impacto, velocidade e alcance de tudo aquilo conquistado durante a 3ª, será simplesmente multiplicado.

Segundo Valentin Klimov, vice-diretor do Instituto de Sistemas Cibernéticos Inteligentes da Universidade Nacional de Pesquisa Nuclear da Rússia, a próxima revolução será neurotecnológica e será capaz de mudar drasticamente nossa vida sobre a terra. Desta forma, ela poderá interligar os mundos físico, biológico e digital, causando verdadeiro impacto em todos os setores da vida… Principalmente o econômico.

A questão é que a cada dia que se passa, novas tecnologias surgem. Nada é para sempre e temos o costume de evoluir aquilo que se torna ultrapassado. Um bom exemplo é a própria inteligência artificial. Basta fazer uma pesquisa um pouco mais apurada pela internet para perceber que já existem softwares capazes de pensar por si próprios… Sem a interferência humana.

Estamos realmente muito perto de uma grande revolução tecnológica que será capaz de mudar a forma com que enxergamos o mundo, a forma com que nos relacionamos. O mais provável é que nesse futuro cenário não tão distante, robôs e humanos possam interagir de igual para igual.

O impacto

Uma das maiores certezas que se tem atualmente, é que esta nova revolução será muito mais impactante que as outras. O impacto global será imenso. Um dos maiores problemas relacionados ao assunto, é que nós humanos, não estaremos muito dispostas a nos adaptar com esse tipo de novidade. Essa resistência começa a ser criada desde já, a partir do momento em que somos alimentados pelo medo de perder nossos empregos e até dos robôs se rebelarem contra nós.

No entanto, de acordo com um artigo publicado na The Society of Business Economists, as novas tecnologias tem sido “excelentes máquinas criadoras de emprego”. Ainda de acordo com o que diz o artigo: “As máquinas assumirão tarefas mais repetitivas e laboriosas, mas não parecem estar mais perto de eliminar a necessidade do trabalho humano do que em qualquer momento nos últimos 150 anos“. A grande questão é que será algo inevitável, e estamos cada vez mais perto disso que chamaram de 4ª Revolução Industrial.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *