As 9 partes da alma humana, segundo os egípcios

Os egípcios eram um povo bastante conhecido por sua fé e devoção religiosa. Dedicavam suas vidas para alcançar a imortalidade e elevar Ba e Ka para o plano divino onde habitavam os deuses e outros espíritos. Ba e Ka são os conceitos mais próximos de alma que temos na mitologia egípcia, inclusive era por conta de Ba que os corpos dos mortos eram embalsamados. A alma segundo os egípcios possui diversos aspectos.

Algumas fontes dizem 5 outras 7, mas desmembrando mais a fundo encontramos 9 aspectos principais. O mito da ressurreição pode ser vista na própria história de Osíris, um dos mais importantes dos deuses egípcios se não o mais importante. Ao ser morto por ser irmão Seth, o corpo do deus é despedaçado e depois reunido por sua esposa Ísis para traze-lo de volta a vida. Por ressuscitar dos mortos, Osíris não mais pode pisar no plano terreno e passa a habitar exclusivamente o plano dos deuses.

A vida, morte e ressurreição são aspectos que acompanham a humanidade até os tempos de hoje, todos nós temos uma visão bem particular sobre esses temas. Nós temos medo e fascínio, podendo encarar o fim e o começa da vida por uma ótica religiosa ou não. A grande questão é que esse tema gera grande impacto em nossa compreensão do que é a realidade e oferece pouquíssimas respostas para a pergunta: “O que vem depois dá morte?”. Não é atoa que ao longo da história foram criadas tantos mitos e explicações para o assunto. Um dos aspectos tanto da vida quanto da morte é o que liga esses dois conceitos em diversas crenças… A alma.

Há 4000 anos antes de cristo  um povo surge as margem do rio Nilo, ao longo da história desse povo um vasto império foi erguido. Piramides, palácios e outras estruturas titânicas surgiram pela fé que motivava esse povo. Os egípcios foram uma das maiores civilizações que existiram na história da humanidade e segundo sua crença, todo ser humano poderia ser um imortal. Quando Ba e Ka deixam o corpo está pode vir assumir a forma de um ser iluminado e infinito. Fatos Desconhecidos traz hoje os 9 aspectos da alma segundo os egípcios.

Ren (Nome)

Ao nascer os egípcios acreditavam que, enquanto o nome de uma pessoa fosse lembrado, esta viveria na eternidade. Por a questão do nome tem um grande peso na mitologia e cultura egípcia e busca pela imortalidade. Consequentemente Ren é visto como uma das parte cruciais da alma.

Ba (Personalidade)

Ba era o critério da individualidade e singularidade de uma pessoa. É o elemento da alma que tornada cada ser único perante os demais. Dentro contexto mitológico egípcio, Ba é o que teríamos mais próximos de alma. Essa parte é a que sai do corpo para se unir a Ka na pós-vida.

Shuyet (Sombra)

A sombra sempre está presente pois uma pessoa não poderia existir sem a sua sombra. Segundo os egípcios a sobra era tudo aquilo que a pessoa representa no mundo.

Jb (Coração)

Jb ou coração era a chave para a vida após a morte. Como já foi dito, a fé egípcia se voltava frontalmente para esse conceito, ou seja, a pós vida. Jb é considerada uma das parte mais importantes, se não a mais, para alma segundo esse povo. A crença antiga conta que o coração de uma pessoa era formado por uma gota de sangue da mãe da pessoa.

Khat (Corpo)

Khat não é nada mais e nada menos que o corpo físico. Este quando morremos é abandonado. O mesmo fornece união entre a alma e a vida terrena. O corpo deveria sempre ser bem apresentável para Ka e Ba, este é tão importante pois era o elo da vida-morte.

Ka (Centelha de vida)

Era o aspecto da vida que dava a distinção entre um corpo vivo e um corpo morto. Ka é o aspecto que se une a Ba no pós-vida. Ka é a energia vital do corpo, é o que move e cria necessidade.

Akh (O ser imortal)

Akh ou Akhu é o ser divino que gera a união entre Ba e Ka no pós morte. Em outras palavras akhu é a nova roupagem da alma, esta assume vestes luminosas e divinas e se transforma em um ser imortal.

Sahu (O Juiz)

Sahu é um aspecto de Akh que vem como um fantasma ou nos sonhos de uma pessoa  para trazer o julgamento de Osiris. Quando a pessoa é julgada digna, ela assim se torna um ser eterno.

Sekhem (Aspecto de Akh)

Sekhem é um outra aspecto de Akh que controla, comanda e influência o meio ambiente. Esse aspecto representa poder de modificar e transformar as circunstâncias e o todo.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *