Antiga e bizarra teoria sobre a Disney é confirmada

Há cerca de 11 anos surgiu uma história bizarra nos blogs dos fãs da Disney. A “lenda urbana”, se é que podemos chamar assim, diz que muitas pessoas já espalharam as cinzas de entes queridos na Disneyland e no Disney World. Pode parecer apenas aqueles boatos criados por blogs, mas acreditem, não é. Estamos falando isso porque o Wall Street Journal confirmou que essa lenda realmente existe. O mais curioso é que não são apenas casos isolados, na verdade, isso acontece com muita frequência.

Cinzas de pessoas cremadas espalhadas na Disneyland

Os funcionários da Disneyland têm até um código especial para relatar quando isso acontece. O código é “limpeza HEPA”, cuja sigla faz referência a um tipo especial de filtro de aspirador de pó necessário para sugar partículas muito finas, como cinzas humanas. O Wall Street Journal fez uma reportagem onde eles conversaram com os funcionários do parque que participaram da limpeza de restos humanos. Eles relataram pelo menos três famílias fazendo isso.

O jornal explicou o caso da seguinte forma: “Guardas e ex-guardas dos parques da Disney dizem que identificar e aspirar as cinzas humanas é uma parte secreta e particular do trabalho no Lugar Mais Feliz da Terra. Isso dá um trabalho horrível para os funcionários, mas é um momento catártico para os enlutados, que dizem que ter a Disney como local do descanso final é uma homenagem para fãs fervorosos”.

Algumas pessoas acham que espalhar as cinzas pelo parque vai fazer com que seus entes queridos possam sentir que estão aproveitando o lugar mais uma vez. Os primeiros relatos sobre espalhar cinzas na Disneyland surgiu em 2007, quando um homem foi visto espalhando uma substância não identificada na água do brinquedo Piratas do Caribe.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *