7 maiores mistérios de civilizações antigas

E quantas coisas desse mundo ainda continuam um grande mistério? É claro que não sabemos de tudo e provavelmente nunca ficaremos sabendo. Mas o homem é curioso e sempre quer tentar desvendar os mistérios, principalmente os que envolvem as civilizações mais antigas que se tem notícias. Entender o nosso passado é o que os antropólogos e historiadores pretendem, mas nem sempre conseguem.

Idade das Pirâmides e Esfinge

A maioria dos estudiosos acreditam que a Esfinge ter cerca de 4.500 anos. Mas isso é apenas uma teoria e não um fato. John Anthony West desafiou a idade aceita do monumento quando notou a meteorização vertical em sua base, o que só poderia ter sido causado pela longa exposição à água sob a forma de fortes chuvas. Mas no meio do deserto? Acredita-se que essa área tenha experimentado tais chuvas cerca de 10.500 anos atrás.

Bauval e Graham Hancock calcularam que a Grande Pirâmide também remonta a cerca de 10,500 aC, ou seja, antes da civilização egípcia. Isso levanta as questões: quem as construiu e por quê?

Linhas de Nazca

As famosas linhas de Nazca podem ser encontradas em um deserto no Peru. Lá, algumas figuras deixam o mundo científico confuso desde que foram descobertas, na década de 30. As linhas são perfeitamente retas, algumas paralelas e outras se cruzando. Erich von Daniken sugere em seu livro Chariots of the Gods que as imagens eram pistas para embarcações extraterrestres. Será?

O curioso é que essas figuras só podem ser vistas a partir de uma altitude elevada. Então, qual o significado das linhas? Alguns dizem que elas tem um propósito astronômico, enquanto outros pensam que elas eram usadas em cerimônias religiosas. Uma teoria recente ainda sugere que as linhas levam a fontes de água preciosa. A verdade? Ninguém sabe.

Localização de Atlântida

Existe muitas teorias sobre a verdadeira localização de Atlântida. Platão escreveu sobre Atlântida, dizendo que era uma linda e tecnologicamente avançada ilha, isso em 370 a.C.. Porém, sua descrição da localização era muito vaga. Muitos concluem que Atlântida nunca existiu. Os que acreditam que existiu já procuraram várias pistas ao redor do mundo.

As famosas profecias de Edgar Cayce disseram que os restos de Atlântida seriam encontrados em torno das Ilhas das Bermudas Em 1969, as formações geométricas de pedra foram encontradas perto de Bimini, o que fez muita gente confirmar as previsões de Cayce. Outros locais propostos para o Atlantis incluem a Antártida, no México, ao largo da costa da Inglaterra, possivelmente até mesmo na costa de Cuba.

Ameaças do calendário maia

Já houve muita discussão sobre as supostas profecias do calendário maia. Muitas pessoas, por exemplo, temeram que o mundo iria acabar por causa do calendário maia. Para quem não sabe, o calendário maia conta apenas até o dia 21 de dezembro de 2012. Mas o que isso significa? O fim do mundo? A Terceira Guerra Mundial? O início de uma nova era? Pois bem, ninguém sabe e tais profecias já citadas, como de costume, nunca aconteceram.

Mu ou Lemuria

O mundo de Mu, às vezes chamado de Lemuria, é quase tão lendário quando Atlântida. De acordo com a tradição em muitas ilhas do Pacífico, Mu era um paraíso tropical localizado em algum lugar no Pacífico que acabou afundando. Junto com esse paraíso foram todos os seus belos habitantes. Assim como Atlântida, existe um debate contínuo sobre se ela realmente existiu e, caso seja verdade, onde.

Viagens para as Américas

Cristóvão Colombo é dito ter “descoberto” a América, mas todos nós sabemos que antes dele, povos haviam estado lá e até se estabeleceram. Os nativos americanos chegaram lá muito antes de Colombo e há uma evidência de que exploradores de outras civilizações estiveram por lá também. Artefatos já foram encotrados sugerindo que as culturas antigas já exploravam o continente.

Moedas gregas de cerâmica foram encontradas nos EUA e no México, bem como evidências egípcias, como estátuas de Isis e Osiris. Antigos artefatos hebraicos e asiáticos também foram encontrados. A verdade é que sabemos muito pouco sobre as culturas que se deslocaram para a América.

Grande cidade em Cuba

Em maio de 2001, uma descoberta emocionante foi feita por Advanced Digital Communications (ADC). Eles estavam mapeando o fundo do oceano das águas territoriais de Cuba. As leituras revelaram algo inesperado e bastante incrível em baixo da água. Pedras com um padrão geométrico que parecia muito com as ruínas de uma cidade (até acharam que era Atlântida).

“A natureza não poderia ter construído nada tão simétrico. Isso não é natural, mas não sabemos o que é”, disse Paul Weinzweig, da ADC. Uma grande cidade afundada? A National Geographic mostrou grande interesse na cidade e esteve envolvida nas investigações. Em 2003, um submarino foi explorar as estruturas. Paulina Zelitsky, da ADC, disse que viu uma estrutura que “parece que poderia ter sido um grande centro urbano. No entanto, seria totalmente irresponsável dizer o que era antes de termos provas”.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *