Conheça os 6 maiores mistérios da física moderna

Muitos são os mistérios não resolvidos pela ciência a respeito do universo. Apesar de todo avanço tecnológico e dos avançados estudos. A fim de conseguir compreender estes fenômenos, que originaram o universo como o conhecemos, os cientistas desenvolvem teorias para tentar se aproximar do que de fato teria acontecido. Algumas dessas teorias podem um dia virem a se confirmar ou simplesmente descartadas, mas até lá, ainda são objeto de estudos de astrofísicos mundo a fora.

1 – A matéria escura

A matéria escura, assim como indica seu nome, não possui luz. Não absorvem, nem emitem radiação. Por este motivo, não pode ser vista diretamente. Os cientistas têm conhecimento de sua existência devido ao efeito gravitacional que ela exerce sobre os outros elementos e na estrutura do universo. Especialistas acreditam que ela seja composta de partículas massivas, que interagem entre elas de uma maneira muito singela, e por isso, nunca foram detectadas.

2 – Energia escura

Acredita-se que essa energia, que nunca foi detectada, poderia estar presente em 70% do Universo. Ele geraria uma pressão que tende a acelerar sua expansão apesar da força gravitacional de atração.

3 – Inflação cósmica

Para tentar explicar alguns enigmas trazidos pela hipótese da teoria do Big Bang, os físicos criaram um algumas teorias que eles chamaram de inflação cósmica. Assim, ele explicam que o universo teria se expandido uniformemente há 13,8 bilhões de anos. E de forma super rápida.

Outro fato que os intrigava era o fato da temperatura uniforme. Porém, segundo a inflação cósmica, o universo é como se fosse um balão vazio que inflou repentinamente, de maneira super veloz. Nesta expansão, pequenas diferenças de temperatura foram criadas. Assim como pontos de maior densidade que se materializaram em galáxias e grupos de estrelas.

4 – O destino do universo

Uma das questões fundamentais para os cientistas seria para onde estamos indo? Eles acreditam que o universo seja uma esfera, e devido a energia escura existir, o universo continuaria a se expandir infinitamente. Caso contrário, o universo tenderia a se contrair. O que causaria um colapso absoluto.

5 – Entropia

Embora muitas sejam as desordens, ou entropia, no universo, isso contrasta com os altos níveis de ordem que a matéria teria tido nas origens do Cosmos. Mas essa teoria levanta um questionamento. Como a entropia (desordem) era tão baixa nas origens do universo com tanta energia acumulada em um espaço tão pequeno? Os cientistas não conseguiram responder tal enigma.

6 – Universos Paralelos

Nada nos garante que o universo em que vivemos e observamos (o universo visível) seja o único existente. Muitos cientistas acreditam que seja possível a existência de multiversos. Segundo a física quântica, a configuração das partículas dentro de cada espaço é finita, o que é provável que ela se repitam. O que geraria universos paralelos infinitos.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *