Como saber se você está próximo da morte? A ciência aponta os principais indícios!

O que é a morte? O parâmetro da vida é definido pelos limites da mesma, ou seja, se você vive, você morre. Durante séculos e séculos a humanidade conviveu com essa ideia e várias linhas derivaram do fascínio pelo pós-vida. Pessoas costumam evitar a morte, apesar de possuírem grande curiosidade e misticismo sobre ela.

Tal temor e dúvida sobre esse momento inevitável fez com que pessoas se perguntassem várias coisas. Uma das perguntas mais frequentes é: “E se eu soubesse quando eu vou morrer ou quanto tempo eu teria nesse mundo?”. Bom, nosso corpo é um “mecanismo” biológico que tem um prazo de validade. Como qualquer outro organismo, esse corpo te dá sinais que sua vida já pode estar começando a dar passos largos para o outro lado.

Existem alguns indícios que a morte está chegando, tanto físicos como psicológicos. Exemplos desses indícios são o surgimento de problemas respiratórios, temperatura corporal reduzida, isolamento e fraqueza muscular. Esse ano, um grupo de pesquisadores britânicos descobriram um fator chave para conseguirem medir o tempo de vida que resta para uma pessoa. Descubra mais sobre essa pesquisa nessa matéria da Fatos Desconhecidos.

A pesquisa

Um estudo recente publicado na Jama Internal Medicine pela University of Exeter Medical School, no Reino Unido, encontrou uma relação entre a queda de pressão arterial de uma pessoa e seu tempo de vida. A pesquisa se baseou em dados médicos de 46.634 pessoas que haviam morrido com mais de 60 anos de idade. Dentro do grupo pesquisado haviam não só pessoas com problemas cardíacos ou demência, mas também pessoas que estavam em perfeito estado de saúde.

A relação entre morte e queda de pressão em pessoas mais velhas foi detectada. Essa baixa vária do estado clínico do indivíduo. A queda chega mais cedo em pessoas com demência, por exemplo. O estudo é importante para entendermos melhor a natureza do corpo e ajudar a prevenir à morte prematura de um paciente.

Importância do estudo

Um grande marco dessa pesquisa se trata do alerta que médicos devem ter com pacientes idosos. Isso se dá pelo fato que pouco se sabe dos padrões arteriais em um idoso. É comum que uma criança tenha sua pressão elevada até a idade adulta. Todavia, não foi achado nenhum padrão para pessoas mais velhas.

Dentro do estudo notou-se que essa queda não tinha relação com tratamento para hipertensão. O que aconteceu é que independente do individuo estar passando ou não por um tratamento, essa baixa de pressão aparecia. A partir disso, foi identificado que quando esse processo se inicia, há um indício que o paciente tenderá a morrer entre os próximos 14 e 20 anos.

A maior tendência desse processo acontecer são em indivíduos que apresentam demência, insuficiência cardíaca, perda de peso tardia e alta pressão arterial. Um dos autores do estudo teme inclusive que a pesquisa seja mal interpretada e que as pessoas comecem a achar que não devem fazer tratamento da hipertensão. Bom, obviamente, ela deve ser tratada da mesma forma, porém agora existe um fator a mais.

Observações finais

O estudo não achou o exato motivo da ocorrência dessa baixa progressiva da pressão arterial. Observando esses dados, podemos entender melhor o funcionamento do corpo e formas eficientes para tratar doenças. Também vale a reflexão de que não estar no grupo de maior risco é um ponto positivo para a longevidade.

Colocando em outras palavras, adotar estilos de vida mais saudáveis reflete no retardamento desse processo.  Existe diversas formas de prevenir problemas como pressão alta ou demência. Inevitavelmente vamos morrer, é a condição de vida de todo ser humano. Sabendo que vamos morrer e quais os principais indícios da morte, podemos prolongar nossa jornada nesse mundo.

Outros indícios da aproximação da morte em casos mais específicos são: fraqueza muscular, problemas respiratórios, mudanças dos sinais vitais, mudanças de sono, mudança da temperatura corporal e mudanças nas funções residuais.

Gabriel

Analista de sistemas que gasta todo o seu tempo disponível em blogs, por ser o que realmente ama. Estarei sempre trazendo as novidades do mundo e disponibilizando na web para todos os usuários assíduos do Samurai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *